17 fevereiro 2017

Cidade dos Anjos Caídos (Os Instrumentos Mortais #4) - Cassandra Clare




Livro: Cidade dos Anjos Caídos
Série: Os Instrumentos Mortais #4  
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 364  
A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

                       

Minhas considerações...

No começo quando iniciei a série eu achava que os nomes dos livros tinham referências sobre os lugares que a história ia se passar, mas definitivamente eu acho que não entendi o que os nomes querem referenciar kkkkkk
Burrices (minhas) a parte vamos ao que interessa o livro!!!
Primeiro quero declarar que gosto muito do Jace, mas ele sofre muito e sempre acha que tudo é culpa dele, então esse livro é meio chato por causa dele.
Sério, é uma sofrência sem fim!!!!
O livro começa de uma forma tranquila com o namoro dos dois indo de boa e ela treinando para ser útil em alguma coisa. O Simon vai fazer umas besteiras no começo do livro, mas nada comparado com a besteira que a Clary fez, desculpa gente, mas ainda não superei o livro anterior kkkkk
Nesse livro acontece umas coisas que envolve a rainha da corte das fadas eu não sei bem o que foi aquela cena, mas é bem estranho porque para mim meio que essa mulher sabe demais e não quer contar.
O desfecho é bem legal mas vou escrever isso de novo por mais que se torne repetitivo. Gente precisamos de mais Katniss Everdeen nos livros! Eu não li Jogos Vorazes, mas nos filmes ela era corajosa, fez besteira de vez em quando, mas era uma mulher forte! Essa Clary é uma pamonha, ela é fraca, mole e não transmite confiança. Ela tinha que ser como a Lagertha de Vikings, forte, corajosa, a mulher que chega para resolver porque esse negócio de ter tanto poder e não saber resolver nada é muito ridículo!!! E irritante!!!!
Voltando ao livro. Não é o melhor livro, mas aparentemente abre uma janela muito promissora para os próximos. O começo do livro e salvo pelo Simon porque as partes do casalzinho são muito chatas kkkkkk
Temos Magnus e uma outra pessoa bagunçando a cabeça do Alec...fiquei com pena dele....

Citações Favoritas...
E Deus disse a ele, quem quer que mate Caim, sofrerá uma vingança sete vezes pior. Então sete vezes pior era assim.
Também não está morto. Não o suficiente.
Para ler ouvindo...

We don’t talk anymore – Charlie Puth

Avaliação



Nenhum comentário:

Postar um comentário