01 abril 2014

A Seleção - Kiera Cass



Livro: A Seleção
Autora: Kiera Cass  
Editora: Seguinte
Páginas: 368
Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.


Vamos à história...

Sempre que começo a ler uma distopia eu gosto de saber o contexto histórico em que ela se passa, quais foram os acontecimentos que contribuíram para esse futuro distópico...

“Illéa é uma país jovem que nasceu do que restou dos Estados Unidos após a Terceira e Quarta Guerra Mundial. Os EUA deviam muito dinheiro à China, e como não tinham como pagar o país foi tomado pela China, que não recebeu nem um centavo após o ataque, mas ficou com a mão de obra americana. A partir desse momento os EUA passaram a se chamar Estado Americano da China.  O Estado Americano da China planejava combater a China, mas teve que enfrentar nova invasão da Rússia, que tentava expandir seu território nas duas direções e fracassou completamente. Esse fracasso, porém, deu ao Estado Americano da China a oportunidade de se rebelar. O responsável pelo ataque à Rússia foi Gregory Illéa. Foi graças a ele que o país nasceu. As alianças firmadas pelo Estado Americano da China formaram uma frente unida, e a reputação dos Estados Unidos estava tão arruinada que ninguém queria reaproveitar o nome. Assim, a nova nação se formou sob a liderança e o nome de Gregory Illéa. Ele salvou o país. A realeza surgiu quando Gregory Illéa se casou com um membro da realeza, se tornando rei.”
(A Seleção)

E é nesse contexto histórico que se passa a historia da espontânea e carismática, America Singer.
America é uma moradora de Illéa da casta 5, que é a dos músicos e artistas, e namora Aspen, que é morador da casta 6, e por isso, passa por mais dificuldades que America.
A vida de America seguia seu ritmo normal, quando eis que ela recebe uma carta de convocação para se candidatar para A Seleção, que consiste em uma competição onde o Príncipe Maxon (herdeiro de Illéa) irá selecionar 35 garotas  de 16 a 21 para de todas as pronvincias de Illéa para escolher entre elas qual será sua futura esposa e rainha do trono de Illéa. As selecionadas viveram por um tempo no castelo junto com a família real para que o príncipe possa conhecê-las melhor e escolher a nova princesa de Illéa. Ah! O detalhe é que ela precisa ser uma plebéia, uma cidadã de Illéa... parece um reality no melhor estilo The Bachelor rsrsrs.
Para sua surpresa, America está entre as selecionadas, e o que no começo era um sentimento de desprezo e aversão pelo príncipe Maxon acaba se transformando em sentimentos que deixarão America confusa sobre a quem seu coração realmente pertence.

Minhas considerações...

   Quando comecei a ler o livro achei que a historia era uma versão chick de Jogos Vorazes. Pois ambas as protagonistas têm uma personalidade forte, amam um garoto forte, lindo e sofredor, e acabam se sacrificando em participar de uma competição com a esperança de dar uma vida melhor para as suas famílias.
Mas apesar dessas comparações ei gostei muito de A Seleção, pois foi uma das poucas novas séries que comece a ler que me deixou empolgada para começar a ler logo a continuação dela rs.
A Kiera escreve de um jeito simples e sabe fazer as descrições na medida certa, nem muito longas e nem curtas demais.  E o fato dela colocar “castas” em vez de “classes sociais” também achei muito interessante, pois remete a Índia, onde esse negócio de casta e conformidade com a casta em que se nasce é muito forte.
E vamos concordar que ela é uma fofa ♥


E é por essas e porque eu acabei de ler “O Príncipe” e gostei muito, que dei 4 folhinhas para A Seleção.
     


Citações favoritas...
Sua intenção era boa, mas não era isso que eu precisava ouvir. Queria que ela me dissesse que eu já era especial para ela, como meu pai. Talvez minha mãe nunca parasse de querer mais e mais para mim. Talvez todas as mães fossem assim.


Curiosidade
  The Selection foi cogitada para virar uma série na tv, porém o seu piloto foi rejeitado...mas...vazaram umas cenas desse piloto na net e vcs podem conferir aqui :)





Para ler ouvindo...
What Makes You Different (Makes You Beautiful) - Backstreet Boys ♫


Avaliação

Nenhum comentário:

Postar um comentário